sexta-feira, abril 13, 2007

Friday

Sexta-feira. Sempre foi meu dia preferido, desde a escola. Véspera de final de semana, um cineminha, diversão programada. Hoje à noite, finalmente, criarei coragem para fazer meu imposto de renda. Aborrecimento garantido. Mesmo trabalhando de graça cerca de cinco meses por ano para esse governo que não escolhi, provavelmente terei que pagar mais, ou restituir merreca. É das maiores injustiças que acontecem em nosso país. O que obtemos em troca? Nada. Educação de baixíssima qualidade, infra-estrutura sofrível, segurança risível (para não chorarmos) e saúde catastrófica. Ficando apenas nas obrigações de estado mais urgentes e negligenciadas.
Não consigo entender nosso povo. Os índices de "audiência" do presidente Lula continuam elevados. Todos os dias somos obrigados a nos deparar com algum impropério. O de hoje me deprimiu. Disse que o auge do ser humano é ser presidente da república. Jamais atingirei esse ápice ou terei direito à essa distinção "merecida". Como ser humano ficarei sempre devendo. Triste fim de um cidadão honesto.
Pensando bem acho que vou esperar mais um pouco. Ainda faltam muitos dias para o final de abril. Deixarei meu acerto com o leão para a última hora, como todo eleitor que se preza.

21 comentários:

Vivien disse...

Bom, eu sempre digo lá na minha Casa que meu dia predileto é segunda feira, dia das possibilidades. Sabe como é, cada louco com sua mania.
Quanto ao ápice, pra quem teve a trajetória política dele, sim, creio que ser presidente é o ápice. E com meu voto, aliás.;0)
E quando ao imposto, sempre me embanano nisso, acho que nunca vou fazer direito e/ou no prazo...

Lord Broken Pottery disse...

Vivien,
Respeito quem votou no Lula. Sinceramente, conheço poucas pessoas. Acho legal quando sei de alguém que o escolheu. Justifica a quantidade imensa de votos que teve. De algum modo me faz endender melhor, já que fico mais próximo das estatísticas. No fim tudo é uma questão de empatia. Acredito que o mesmo sentimento que você tem (provavelmente) pelo FHC, nutro pelo Lula.
Beijão

valter ferraz disse...

Caro mio, aproveite melhor tua sexta-feira. Esquenta com o leão não.
Depois é só baixar o programa, "colar" os dados do ano anterior, colocar na coluna do ano corrente os salários, deduções de lei e pronto. Haja visto que evolução patrimonial não deve ter nenhuma, a menos que tenha recebido uma herança.
Desculpe me imiscuir na tua vida, mas não deve diferir muito do comum.
Quanto às declarações do inepto, não devemos deixar nos levar por elas, não diz coisa com coisa. Está inebriado pelo poder e não enxerga um palmo diante do nariz.
Abraço grande

Mani disse...

Querido Lord, eu fico deprimida só ao ver meu comprovante de renda, então deixo o I.R. pro meu cunhado fazer...Não mandei casar com gente da minha familia...

Lord Broken Pottery disse...

Mani,
Tem uma piada muito grossa que diz que se cunhado fosse bom não começava com ... É mentira. No fim, não consegui, adiei mais uma vez a empreitada. Fica para o próximo fim de semana.
Beijão

Lord Broken Pottery disse...

Valter,
Segui seu conselho. Adiei mais um pouquinho a empreitada. Tive uma sexta mais agradável. Na próxima me dano novamente. Como diz o Eduardo, hoje tem pão quente?
Abração

valter ferraz disse...

Caro Lord. Fez bem. Deixa o que é ruím prá depois.
Tem pão quentinho sim. Pode ir lá ver. Sentar e comer.
Feito com carinho para saborear com os amigos mais chegados.
Abraço forte

O Meu Jeito de Ser disse...

Pois é Lord, eu já prefiro todos os dias, já que não tenho horários rígidos a cumprir,não tenho patrão.
Apenas em alguns horários do dia, que tenho que pensar na fome do Valter, e cuidar dele.
O Lula, eu sinceramente não acredito nessas pesquisas, mas acredito que o povo gosta mesmo é de sofrer. Ele é um herói. Paciência.
Um beijo, bom final de semana.

Eduardo P.L. disse...

Lord, é isso mesmo, não faça agora não! Vai se aborrecer, melhor o mais tarde possível.
Agora essa audiência que aumenta a cada dia , na popularidade do Presidente,pode ter certeza que nenhum paga imposto de renda.Nosso imposto é que paga as bolsas e as cestas. Deixa para depois!

Lord Broken Pottery disse...

Valter,
Já estou indo lá saborear. inté!
Abração

Aninha,
Você é que é feliz. Eu gostaria de poder escrever o dia inteiro. Não fazer outra coisa.
Beijo

Eduardo,
E os aumentos de salário auto-concedidos pelos deputados.
Abração

anna v. disse...

Nem me lembre. Preciso fazer o meu também. E da minha mãe. E da minha avó. Oh, quanta alegria... :-(

Lord Broken Pottery disse...

Oi Anna,
Você andava sumida. Também sou o que faz os impostos da família: mãe, irmão, sobrinha,... Haja saco!
Beijão

Sibila disse...

Lord, sabe q boa parte de meus amigos votaram no Lula. Fora que nesse brazilzão adentro, q conheço um pouco de fachada, é verdade, e q votou no Lula - deve ter a oferecer um momtão de amigos em potencial. Mas tive amigos - em no. bem menor - q votaram no (argh!) Alckmin, e muitos, mas muitos q anularam... Sexta-feira, gostava mais qdo era criança/adolescente. Só o domingo à noite continua me dando aquela angústia de sempre. Leão: o enfrentarei junto c/ o maridão (dondoca, assim minha mãe me chamaria). Bjs.

Lord Broken Pottery disse...

Sibila,
Já votei no Lula, tenho pessoas bem próximas na família que votam nele, meu irmão anulou o voto. Digamos que em casa a coisa está bem dividida. Votei no Alckmin mas não acho que fosse o melhor candidato tucano, preferia o Serra. O que não gosto no Lula é do que mais elogiam nele: a tragetória política. Para mim essa tragetória alcançou o ápice ainda no governo militar e de lá para cá entrou em queda. Isso de dizer que a gente vai pra direita quando fica mais velho é conversa pra boi dormir. Pergunta para o Plínio de Arruda Sampaio se é verdade.
Beijão

Sibila disse...

O Plínio é pai de um grande amigo e de looonga data de meu marido (meu tb) e mais que isso uma pessoa por quem tenho admiração especial. Ficou muito bravo mesmo com o que o Lula disse (com razão) e considera de "direita" aqueles que votaram no Alckmin. Beijos simpáticos e democráticos!

Lord Broken Pottery disse...

Sibila,
O Plínio, um dos caras que mais respeito na política, tem direito de achar o que quiser. Sempre foi coerente, digno, lutador. Sob a ótica dele, íntegra, os que votaram no Alckmin são de direita. Não me chateia o fato de ele achar isso de mim, continuo admirando muito ele.
Beijão

Sibila disse...

Eu te admiro e gosto, Lord! Sorry se o que disse pareceu rude, ok? Beijo amigo e verdadeiro.

Sibila disse...

Ah, e ele (o Plínio) não acha o fin de la piquet o atual PT? Bj,estou preocupada se fui... ah nem sei a palavra! Bjs.

Lord Broken Pottery disse...

Sibila,
Fique absolutamente tranqüila. Não me senti minimamente agredido. Já tinha ouvido o Plínio dizer isso dos eleitores do Alckmin e acredito, realmente, que ele, mais do que ninguém, tem direito de achar isso. Não achei que você estava sendo agressiva, apenas relatou um fato verdadeiro. Continuo gostando muito dos dois: de você e do Plínio.
Beijão

Sibila disse...

Fui ver como se escrevia picada em francês e não tem nada a ver c/ o meu tosco: "piquet" (hehehe). O que achei foi piqûre. É o fim da picada essa brincadeira de tentar escrever fim da picada em francês, expressão q nem sei se existe em tal idioma. Mas eu, junto com uns amigos sempre falamos assim, pra brincar. Que bobagem! Bjs.

Lord Broken Pottery disse...

Sibila,
Nunca tive meia hora que seja de aula de francês na vida. Se você disser que alguma coisa está escrita em francês eu acredito.
Beijão