domingo, outubro 31, 2010

Papai Sabetudo

Acabo de ver o Lula defendendo o palhaço Tiririca na Internet. Embora seja uma das raras vezes em que concordei com o conteúdo de sua fala, fiquei ainda assim pouco confortável. Talvez pela forma com que ele invariavelmente se manifesta. Entre outras coisas afirmou ser cretinice o que estão fazendo com o sujeito. Acho a palavra um pouco forte, inadequada para um estadista. Além disso, o atual presidente coloca-se sempre irritado, como se as perguntas dos jornalistas fossem estúpidas, fazendo muito favor em responder aos dispostos a usufruir de sua santa sapiência. Ele me lembra um personagem de minha infância: o Papai Sabetudo. Pois é, mas como ia dizendo, assisti o filho de Dona Lindu defendendo o palhaço Tiririca. Incrível como esse negócio de corporativismo funciona.

8 comentários:

indignada disse...

Meus "dois centavos" sobre o que estamos vivendo no momento.

O brasileiro e um povo carente, órfão, adora ter o pai Lula e a mãe PAC. Então...

E lamentavel.

Lamentavel o que esta por vir.

Lamentavel que o brasileiro sofra de esquecimento coletivo.

Lamentavel o que se fala sobre privatizacoes, sendo que a Petrobras nunca foi tao privatizada como antes. Desde 2006 a participacao do capital estrangeiro so tem aumentado, basta ver o numero de acoes disponiveis a venda na NYSE.

Lamentavel que nao haja discussao sobre a morte do escritor curitibano Yves Hublet e que nao possamos conhecer a verdade por detras da morte do prefeito Celso Daniel.

Lamentavel que se use como justificativa de voto a tradicao-de-votar-no-PT-desde-sempre. ?

...

Eu nunca havia me emocionado no momento da votacao e, desta vez, algumas lagrimas rolaram. Foi triste e estranho. Triste talvez porque, como nunca, eu senti o peso da minha responsabilidade. E estranho porque senti medo. (Na boa, acho que vou cancelar alguns investimentos que tenho Brasil...)

A maior parte dos blogs que visito votaram na Dilma. Nestes blogs li textos bem escritos, comoventes, inquietantes e que me colocaram para pensar bastante. Mas em todos havia um elemento recorrente: o mantra sobre a tal bolsa familia, o discurso (decorado), uma especie de cegueira...eh a religiao que eles tanto criticam.

E o ironico eh que estas pessoas sao as mesmas que de dia postam sobre o imperialismo americano e que de noite assistem ao seriado do tio Sam. Sao as mesmas que louvam o comunismo sem nunca ter saido do pais e/ou vivido a realidade de um pais comunista. Nao haveria nada de errado nisso se as pessoas fossem mais honestas e verdadeiras, e nao tao incoerentes. Mas somos humanos...
Meu avo era tcheco e por causa das guerras e revolucoes foi parar em Madrid onde continuou a exercer a profissao de alfaiate. O mesmo pais que o acolheu, tambem lhe deixou sem chao, quando os comunistas fecharam a sua propria oficina deixando que ele levasse apenas um terno e uma tesoura. Ele morreu franquista. Compreensivel.

Quando eu assisti ao video da Marilena Chaui que circulou na internet quase cai da cadeira. E precisei assistir duas vezes porque nao entrava na minha cabeca que se tratava da mesma pessoa que escreveu "Brasil, Mito fundador e sociedade autoritaria. Desta vez ela estava do outro lado. Parece nonsense, mas nao eh. A nocao de mito fundador que ela defende em seu livro, na minha opiniao, ilustra muito bem o que esta situacao representa: "um mito fundador eh aquele que nao cessa de encontrar novos meios para exprimir-se, novas linguagens, novos valores e ideias, de tal modo que, quanto mais parece ser outra coisa, tanto mais eh a repeticao de si mesmo."

So nao ve quem nao quer.

PS1: desculpe-me pela falta de acentuacao.
PS2: por enquanto gostaria de permanecer no anonimato.

Lord Broken Pottery disse...

Caríssima Indignada,
Uno-me a você na indignação e faz tempo que vivo indignado. Mas o brasileiro tem memória fraca, e não se liga em coisas sérias. Vamos aguentar 4 anos de pesadelo, depois talvez mais 4 (se o povo gostar, o que não é muito difícil) ou quem sabe a volta do Lula, para salvar a pátria no final. E assim caminha a humanidade, em nosso caso pouco acima da linha da pobreza. Parece que é suficiente.
Beijo grande

Anônimo disse...

Ai, Caco!

Beijo
Vivina.

Lord Broken Pottery disse...

Vivina,
Não é de doer?
Beijo grande

Meg disse...

Saber, não sei se ele sabe. Nem o que realmente sabe.
Mas ele parece e age como se pudesse tudo.
E penso que vai continuar assim.
:(
M.

Lord Broken Pottery disse...

Meg,
Claro que irá!
Beijo grande

Eduardo P.L disse...

Muito bem abordado! Corporativismo funciona, sim!

sabetudo disse...

Working from from home is indeed most convenient especially to Moms. Good thing wecan now earn money by simply blogging.